No Divã

Postado por Jaqueline Amorim | 18:47 | 1 comentários »

Acho que estou em nova fase de mudanças... Sinto-me tão estranha e cada dia mais me prendo dentro de mim. Não confio mais em ninguém, o medo de me relacionar com as pessoas, as decepções, o medo de novas decepções, fizeram de mim um ser preso em mim mesmo. 
Não permito a aproximação e ao mesmo tempo, não sei descrever se tenho medo de sofrer pelo abandono (pois sei que qualquer um que entre em minha vai me deixar) ou pela solidão de não ter ninguém, pela fragilidade de ser só. 
Acho que estou ficando mais auto-crítica, não me contento mais com pequenos galanteios e nem com palavras soltas ao vento, palavras vomitadas para me conquistar, sem nenhum real sentimento que não seja a do desejo por um quarto imundo de motel... Fico à espera de algo grandioso, algo que realmente seja verdadeiro e me tire o chão, não de tristeza mas de satisfação, de finalmente encontrar um algo mais nesses homens tão vazios que transitam pela minha vida...
Desejo de encontrar não o príncipe num cavalo branco mas sim alguém com intelecto, alguém que deseje compartilhar momentos comigo, momentos únicos, até infantis. Passear de mãos dadas, conversar e trocar idéias sobre fatos importantes do dia, do trabalho, da vida... Dividir passeios, contas, dívidas, problemas, soluções, sorrisos, lágrimas... Já estou meio de "saco cheio" desses caras que dizem: "Estamos nos conhecendo"... 
Algumas pessoas passam a vida inteira conhecendo outro alguém sem nunca conhecerem verdadeiramente. A diferença é que essas pessoas passam grande parte da vida juntas, constroem coisas juntas, crescem e se desenvolvem juntas, evoluem, constituem famílias e são muito felizes apesar dos problemas que surgem no decorrer da caminhada. Essas pessoas sim, são felizardas, e "estão se conhecendo" diariamente, eternamente..
Hoje existe uma banalização desta frase. "Estamos nos conhecendo" virou desculpa para não assumir compromisso com alguém, para enrolar uma pessoa por meses sem nunca dizer para os demais: "Olha, eu e fulana (o) estamos juntos. Estamos namorando." Aí diz-se: "Estamos nos conhecendo"... 
Eu não quero estar conhecendo ninguém deste jeito, sempre fui muito 8 ou 80, ou está comigo ou não está. As pessoas estão cada dia mais solitárias... Eu estou cada dia mais solitária... Não encontro ninguém compatível, ninguém que compartilhe das mesmas opiniões que eu... Só encontro pessoas vazias que gostam de dizer: "estamos nos conhecendo." Quer saber? Não quero conhecer ninguém!